Visite minha FanPage Siga-me no Twitter Veja meu Perfil Acesse meu Canal Leia meu Blog
Mar 02

Marquinho Amaral oficializa saída do PSDB

 O vereador Marquinho Amaral oficializou, ontem, sua saída do PSDB. Ele prometeu entregar a carta de solicitando o pedido de desfiliação a algum integrante do diretório municipal da legenda tucana.

Marquinho disse que ainda não tem um destino certo. Ele ratificou os convites que recebeu do PMDB, PPS, PSD, entre outros. Confirmou que tem o interesse de ser candidato a prefeito, mas não descartou a possibilidade de disputar novamente o Legislativo, caso não viabilize apoios em torno da sua candidatura.

“Tive uma longa conversa com o deputado federal Lobbe Neto, que entendeu a minha situação no partido. Eu continuo alinhado com o deputado Lobbe, embora não tenha condições de permanecer no PSDB. Temos uma história política e projetos, e hoje não tenho clima para permanecer entre os meus atuais companheiros”, destacou Marquinho.

Segundo o vereador, o que mais incomodou no PSDB foi o fato de o presidente do partido local, prefeito Paulo Altomani, não aceitar as prévias para a escolha do próximo candidato a prefeito. “No discurso das prévias tucanas para a Prefeitura de São Paulo, o governador defendeu as primárias, assim como acontece nos Estados Unidos, entre Republicanos e Democratas. Aqui, em São Carlos, há um coronel que manda no partido e chegou a pedir para os outros incomodados se mudarem. Eu estou incomodado com a falta de democracia, então estou me mudando”, desabafou.

PREVISÃO- Na opinião de Marquinho, a falta de democracia no PSDB de São Carlos vai ‘matar’ o partido no município. “Os bons militantes não vão ficar no partido. Infelizmente, vejo um futuro nada bom para o PSDB. Terão de reconstruir o partido. Quando esteve sob a presidência do deputado federal Lobbe Neto, o partido elegeu quatro vereadores e um quinto na coligação. Qual será o futuro com esses desmandos e a falta de democracia?”, questionou.

PMDB- O vereador confirmou que mantém a intenção de disputar a Prefeitura de São Carlos. Ele voltou a dizer que conversou com os deputados Baleia Rossi (federal) e Jorge Caruso (estadual) sobre o ingresso no PMDB. “O advogado Netto Donato, que é pré-candidato a prefeito pelo PMDB, disse que abre mão da candidatura se me filiar, mas temos outros convites e vamos analisá-los. A minha primeira ideia é ser candidato a prefeito de São Carlos”, revelou.